Artigo: Escolha viver uma vida que importa - Notícias - GOEB - Grande Oriente Estadual da Bahia

Grande Oriente Estadual da Bahia

Notícias

Artigo: Escolha viver uma vida que importa

Artigo: Escolha viver uma vida que importa

20 abril 2017

Alfério di Giaimo Neto é maçom do quadro da Loja “L’Áquila Romana” e filiado à Loja “Jacques DeMolay”, ambas da capital paulista. No Grande Oriente do Brasil ocupa o cargo de Secretário Geral Adjunto de Relações Exteriores.

De origem italiana, amante de artes plásticas e literatura. Produzbelas peças e leva aos maçons de todo Brasil por várias edições suas pílulas maçônicas. Em 9 de julho de 2016, escrevi o artigo “200 Pílulas Maçônicas”, e agora ele volta com nova produção: “250 Pílulas Maçônicas”, que recebo com dedicatória e muito agradeço. Volto a sugerir para que os maçons e as Lojas se amparem em trechos objetivos e curtos que permitem estudos sobre temas importantes desde a primeira pílula enfocando a palavra “Brethren” até a última, “Crença Maçônica”.

Esta é sua quarta publicação e ele não o faz por interesse comercial, mas como contribuição ao estudo e aperfeiçoamento na Arte Real. É excelente obra para enriquecimento de trabalhos em tempos de estudos. Por isto, divulgo esta que pode ser encontrada diretamente com o autor através do e-mail alferiodegiaimo@yahoo.com.br, pelo telefone (11) 98265 9505 ou com barbosanunes@terra.com.br

Ele esclarece que são artigos condensados com a finalidade de oferecer aos maçons, principalmente aos Aprendizes e Companheiros, conhecimentos sobre o Ordem Maçônica e são frutos de pesquisas em livros, enciclopédias nacionais e estrangeiras, em escritores e historiadores maçônicos idôneos. Conhecimentos muitas vezes caros e raros, de não fácil acesso entre eles, José Castellani, Nicola Aslam, Theobaldo Varolli Filho, Kurt Prober, Raimundo Rodrigues, Jules Boucher, Alec Mellor, Albert Galatin Mackey, Bernard Jones, Henry Wilson, Coil Gould, livros da Nova Zelândia e muitos outros.

Na pílula 218, encontramos a “História da Maçonaria”, que constitui-se em fases de suas evolução, a partir da operativa, confraria ou associação de mútuos socorros, sociedade iniciática, maçonaria especulativa e desmembramento universal da maçonaria.

Na pílula 60, “Viver de modo maçônico”, abordando a teoria da maçonaria especulativa, “maior esforço que deve ser direcionado ao desenvolvimento do caráter e no aperfeiçoamento da vida mental, espiritual, ética e moral. As lideranças maçônicas levam para longe essa teoria, prestando grandes serviços à humanidade”.

Transcrevo a pílula 215, intitulada “O que é importante na vida”, texto que merece meditação. É uma sinalização, sobretudo neste mundo estressado, de correria, de imoralidade, de insegurança e de uma sociedade desequilibrada.

“Pronto ou não, um dia todas as coisas terão um fim. Não haverá mais nascer do sol, nem minutos, horas ou dias. Todas as coisas que você adquiriu, se valorizadas ou esquecidas, passarão para outros. Sua riqueza, fama e poder temporal, se tornarão irrelevantes. Não importará do que você é proprietário, ou do que você foi proprietário. Seus rancores, ressentimentos, frustrações e ciúmes finalmente vão esmorecer.

Igualmente, suas esperanças, ambições, planos e listas expirarão. Bem como vitórias e perdas, que pareceram tão importantes, desaparecerão. Não importará de onde você veio, ou em que local você viveu. Não importará se você foi maravilhoso ou brilhante. Não importará também a sua raça ou a cor de sua pele.

Então, o que importará?

O que importará será não o que você comprou, mas o que você construiu. Não o que você conquistou, mas o que você deu. O que importará não é o seu sucesso, mas o seu valor. Não importará o que você aprendeu, mas o que você ensinou. O que importará é cada ação de integridade, compaixão, coragem ou sacrifício, que enriqueceu, entusiasmou e estimulou outros a seguirem seu exemplo.

O que importará não é sua competência, mas o seu caráter. O que importará não é como você conheceu muitas pessoas, mas o sentimento de perda quando você estiver indo. O que importará não são suas recordações, mas as recordações que vivem naqueles que você amou. O que importará não é por quanto tempo você será lembrado, mas por quem e por que.

Devemos, portanto, levar uma vida que importa, não como fosse mero incidente. Não dê importância circunstancial, mas uma escolha! Escolhendo viver, uma vida que importa”.


Por irmão Barbosa Nunes

PUBLICIDADE

Mais notícias

2014 - GOEB - Grande Oriente Estadual da Bahia - Todos os direitos reservados.
Rua Marquês de Barbacena, 157 - Saúde - Salvador - Bahia - Brasil. Telefone: (71) 3243-9162 / 3241-0420
Lince Web - Soluções Inteligentes